Hackschooling no Brasil?

Queria conseguir escrever menos neste post para você ler até o final, mas é tão interessante, que é difícil resumir e deixar de falar alguma coisa legal. Eu porém sugiro que você leia e pesquise muitas outras fontes, pois trata-se de um tema fundamental para seus filhos, EDUCAÇÃO.

O homeschooling nos EUA é relativamente comum, e consiste essencialmente em ser responsável pelo aprendizado e educação dos filhos em casa. Com a ajuda de associações de pais, comunidades de apoio e finalmente, de testes periódicos, o Homeschooling é uma opção muito válida para crianças e pais que questionam os métodos convencionais de ensino nos dias de hoje. Mas será que as escolas estão produzindo e condicionando cérebros em massa a pensarem mais do mesmo que justifique está opção? E será que trazer esta problemática para casa é a solução para que seus filhos “pensem fora da caixinha”?

image

A meu ver, nosso problema com as escolas no Brasil é muito maior e antigo, o que tem efeito não só nas crianças hoje, mas em outras gerações que passaram pelas cadeiras das escolas públicas e particulares. Mas para não entrar em questões políticas em um tema tão importante, vamos direto ao ponto. O que é o hackschooling.

Ainda que o homeschooling seja uma alternativa à escola tradicional, ela ainda mantém uma estrutura de estudo e avaliações intimamente ligada às escolas, destacando-se principalmente, mas não somente, pelos estudos serem feitos em casa. O Hackschooling é ainda mais inovador, pois propõe que o aprendizado seja por meio da cultura Hacker (Hacker mesmo, aquele que a gente sempre culpa de colocar vírus no nosso computador. A idéia aqui é que os Hackers desafiam os modelos atuais, entendem todo o mecanismo por isso sabem atacá-lo, não para prejudicar, e sim para melhorá-lo) e de experimentações que instigam a inovação dos pensamentos das crianças e por consequência as tornam mais Felizes e saudáveis.

Talvez o maior propagador dessa idéia seja o garoto Logan LePlante, que apresentou suas considerações e mostrou um pouco de sua rotina de “estudos” em uma palestra do TEDx que vale muito a pena assistir. Clica aqui ! Ele faz uma afirmação e uma pergunta muito importante. Educação é importante, mas porque não ensinam na escola a ser feliz e ser saudável? Para algumas crianças, ser feliz e a escola estão em pontos opostos, e ele credita esta situação ao formato antigo de transmissão de conhecimento.

image

Em seu modelo de estudo com experimentações simples, ele fala que também tem momentos de buscas e envolvimento com tecnologia e que estuda também oito áreas, além de escrita, matemática e afins: exercitar, dieta e nutrição, contato com a natureza , serviços sociais e contribuição, relacionamentos pessoais, recreação, religiosidade e gerenciamento do stress e relaxamento, vindas do Dr. Roger Walsh e sua Terapia na Mudança do Estilo de Vida. Habilidades tão importantes quanto os conhecimentos do currículo escolar atual, mas com a diferença que elas estimulam a criatividade e trabalham o lado emocional das crianças. Uma aula de teatro aonde a criança vai representar alguém proporciona um aprendizado de controle de estresse, inibição, da mesma forma que um passeio em uma fazenda de arvorismo proporciona contato com a natureza e atividade física. Museus de história natural e de física também são destinos desta turma e fazem da observação, uma forma de absorver o conteúdo mais facilmente.

E assim, hackeando o modelo, essa nova forma de aprender pode nos dar uma série de Insights do bem, que nos incentivam e pensar fora da caixinha e levar com a gente nossos filhos. Se nem todos os colégios fazem excursões e atividades extracurriculares, invente, tente, faça seu filho tomar gosto pela inovação.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s